Você se considera uma pessoa sarcástica? Se a sua primeira resposta foi “não”, pelo cunho ruim que muitas vezes essa palavra leva, saiba que alguns cientistas descobriram que existe uma relação muito forte entre o sarcasmo e a criatividade de uma pessoa.

Utilizar sarcasmo é simplesmente dizer algo para tentar comunicar o oposto do que se disse. Comentários sarcásticos são usados muitas vezes para expressar críticas, desprezo ou desaprovação, por exemplo, porém com humor e de forma mais memorável do que a comunicação “direta”. Imagine um empregado que, em vez de trabalhar, está mexendo na internet. Quando o seu chefe o vê fazendo isso, ele pode dizer “Ei, não trabalhe tanto! ” – ele está criticando o empregado, mas de forma leve e bem-humorada, querendo dizer “Trabalhe mais!”.

Três pesquisadores descobriram algumas coisas interessantes estudando vários aspectos do sarcasmo. Eles fizeram várias pessoas terem conversas sarcásticas e outras terem conversas que não eram sarcásticas e depois realizaram alguns testes e questionários com elas. O maior achado foi que as pessoas que tinham acabado de ter uma conversa sarcástica (tanto as que usavam quanto as que recebiam o sarcasmo) eram muito melhores em algumas tarefas que envolviam diferentes tipos de criatividade (para resolver problemas ou encontrar associações entre palavras).

was-that-sarcasm-ciencia-informativa

De acordo com as suas descobertas, esses cientistas sugerem que o sarcasmo tem esse efeito porque ele estimula os interlocutores a engajar em pensamento abstrato. O pensamento abstrato é a captura das características mais gerais e superiores de um objeto (em vez de apenas as suas características mais contextuais). Pense, por exemplo, no ato de votar. No nível concreto, ele é apenas selecionar o nome de um candidato na tela de um computador. Porém, num nível mais abstrato, ele é a contribuição de um cidadão para a democracia.

No caso do chefe que disse para o empregado não trabalhar tanto, acontece um complexo processo cognitivo. O chefe passa do concreto “trabalhe mais” para o geral “comporte-se adequadamente”, que o permite construir a frase “não trabalhe tanto” (que contradiz, de propósito, o contexto). O empregado, por vez, passa do contexto contraditório de “não trabalhe tanto” para o abstrato “comporte-se adequadamente” e, enfim, para a interpretação de “trabalhe mais”.

O pensamento abstrato favorece a criatividade de duas formas. Primeiramente, ele promove soluções novas e diversas para problemas porque reduz a dominância de uma única solução. Segundamente, quando se tem uma informação mais geral sobre um objeto, esse objeto pode ser aplicado em vários contextos, levando a soluções que não são óbvias. Vamos ver um exemplo simples. Se você olhar para uma caixa de fósforos, uma informação concreta sobre esse objeto é “serve para guardar fósforos”. Uma informação mais abstrata e geral, no entanto, é “serve para guardar coisas”. A partir disso, você pode criar novos usos para a caixa de fósforos que não são o propósito original (guardar fósforos).

Este estudo traz esclarecimentos sobre alguns efeitos do sarcasmo e sobre os processos cognitivos envolvidos nisso. Mas, mais importantemente, ele abre portas para estudos futuros investigarem outros aspectos e consequências desse tipo de interação.

E você, quão sarcástico, você é?

 

Thomaz Offrede

Referência

Huang, L.; Gino, F.; Galinsky, A. D. 2015. The highest form of intelligence: Sarcasm increases creativity for both expressers and recipients. Organizational Behavior and Human Decision Processes.

One Reply to “Os benefícios do sarcasmo”

  1. Não sou nada sarcástica, e tenho sentimentos de asco por quem o utiliza de forma indiscriminada. Vejo nos sarcásticos a frustração de não verem bem nenhum no mundo, de quererem obrigar os outros a verem o mesmo mundo negro que eles, de não conseguirem ser bem vistos e desejados em conversas afáveis e amistosas de grande franqueza e simplicidade. Acham-se superiores, mas inspiram pena pela sua inferioridade em lidar com as diferenças. São autoritários, desconhecem o significado de liberdade e diferença. Eu só desejo o afastamento dos sarcásticos. São cáusticos nas suas relações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.