O prêmio Nobel é uma das mais famosas e prestigiadas premiações que conhecemos. Em 1895, Alfred Nobel, um cientista sueco que inventou a dinamite, decidiu que a maior parte de sua fortuna seria destinada a um fundo usado para premiações anuais com a finalidade de laurear pessoas que conferiram grandes benefícios à humanidade. As categorias de premiações são Nobel de Física, de Química, de Fisiologia ou Medicina, de Literatura e da Paz. A primeira premiação aconteceu em dezembro de 1901, no aniversário de 5 anos após sua morte. Em 1969, um outro prêmio anual na área de Ciências Econômicas também foi estabelecido, e apesar de não ser tecnicamente um prêmio Nobel, também é apresentado na cerimônia de premiação oficial do prêmio Nobel. Essa cerimônia sempre acontece nos mesmos locais escolhidos por Alfred Nobel; o prêmio de Física, Química, Fisiologia ou Medicina e Literatura são entregues na Suécia, enquanto a cerimônia do prêmio Nobel da Paz acontece em Oslo, capital da Noruega (1, 2).

Para cada categoria, o processo de seleção se inicia no ano anterior à premiação e convida mil pessoas, dentre elas: laureados do Nobel, membros das instituições que conferem os prêmios e pesquisadores, para nomear os candidatos. O número de candidatos varia de 100 até 250 por categoria e uma auto indicação desqualifica o candidato. Os comitês de seleção para cada categoria realizam então um estudo para determinar a originalidade e significância da contribuição de cada candidato. Em setembro e outubro, os comitês submetem suas recomendações para as instituições que fornecem o prêmio e as votações dentro delas acontecem em sigilo. A decisão final é então deliberada em novembro. O prêmio pode ser dado a apenas uma pessoa, duas ou até três pessoas. Para a categoria do prêmio Nobel da Paz, além de pessoas, o prêmio também pode ser conferido a instituições. Pode acontecer de pessoas não aceitarem receber o prêmio, nesse caso, o dinheiro volta para o fundo Nobel. Muitas vezes isso aconteceu por razões políticas. Por exemplo, Adolf Hitler impediu que alemães aceitassem o prêmio Nobel em 1937 já que o ganhador do prêmio Nobel da Paz de 1935 foi Carl von Ossietzky, um jornalista que era contra o nazismo e que foi mantido como prisioneiro na Alemanha (1, 2).

A cerimônia para receber o prêmio acontece no dia 10 de dezembro, dia do aniversário de morte de Alfred Nobel, e os laureados recebem medalha, diploma e benefício em dinheiro. Os ganhadores deste ano foram Roger Penrose, Reinhard Genzel e Andrea Ghez pela descoberta de que a formação de buracos negros é uma predição da teoria geral da relatividade (Nobel de Física), Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna pelo desenvolvimento de um método de edição do genoma (Nobel de Química), Harvey J. Alter, Michael Houghton e Charles M. Rice pela descoberta do vírus de hepatite C (Nobel de Fisiologia ou Medicina), a americana Louise Gluck (Nobel de Literatura) e o World Food Programme (WFP) pelos esforços no combate à fome (Nobel da Paz) (2). Nas próximas semanas vamos falar sobre as descobertas dos ganhadores do Nobel de Física, Química e Fisiologia ou Medicina. Até lá!

por Bianca Ribeiro

 

Referências:

(1) https://www.britannica.com/topic/Nobel-Prize Acessado em 4 de dezembro de 2020.

(2) https://www.nobelprize.org Acessado em 4 de dezembro de 2020.

Imagem de capa: Florian Pircher em Pixabay

2 Replies to “O prêmio Nobel”

    1. Boa pergunta, Bruno! O valor é de aproximadamente 1 milhão de dólares que será entregue ao ganhador ou poderá ser dividido entre os ganhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.