O que vem à sua cabeça quando se fala em Eucalipto? Florestas, coalas, essência de eucalipto, papel… Essas são algumas das relações que intuitivamente fazemos com essa planta que, aliás, é muito importante para a economia brasileira.

No entanto, a doença fúngica conhecida como ferrugem das mirtáceas (mirtáceas é a família de plantas que inclui o Eucalipto) representa uma séria ameaça a produtividade dessa planta. O entendimento da biologia do fungo Austropuccinia psidii, causador da doença, e da sua relação com o Eucalipto pode auxiliar no controle e prevenção da ferrugem das mirtáceas.

Por isso, o grupo de pesquisadores do Laboratório de Genética de Microrganismos “João Lúcio de Azevedo” da ESALQ, liderado pela Prof. Maria Carolina Quecine-Verdi, tem como foco desvendar o sistema de interação Eucalipto-A. psidii.

A aluna Jessica Aparecida Ferrarezi, do curso de Engenharia Agronômica da Escola, apresentou recentemente os resultados de seu projeto de Iniciação Científica (IC) no Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo (SIICUSP). Ela já falou sobre a ferrugem das mirtáceas aqui no Blog e hoje traz o vídeo produzido como parte final de sua IC, que conta as motivações e os resultados de sua pesquisa. Confira abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.