A compostagem é uma técnica utilizada há séculos. Recentemente, ela vem ganhando mais destaque junto com a preocupação com a sustentabilidade. A compostagem é um processo biológico de reciclagem de matéria orgânica, seja ela de origem urbana, doméstica, industrial, agrícola ou florestal. Na compostagem os microrganismos, como bactérias e fungos, degradam a matéria orgânica.

seudinheiro-como-fazer-uma-composteira-635x423
Foto 1: Compostagem: a reutilização de matéria orgânica.

 

O processo de compostagem é formado por três fases. Na primeira fase, conhecida como mesolífica, os microrganismos mesófilos, que atuam em temperaturas próximas da temperatura ambiente, metabolizam principalmente nutrientes mais fáceis de serem degradados, como moléculas mais simples. O tempo médio de duração dessa fase é de 15 dias.

A segunda fase é a fase termofílica, com a presença de microrganismos que sobrevivem em temperaturas mais elevadas (entre 65° a 70°). Esses microrganismos degradam compostos mais complexos e há eliminação de agentes patológicos e metais pesados. A fase termófila dura em torno de dois meses. E por fim, a última fase é a de maturação, em que a atividade microbiana diminui, juntamente com a temperatura e acidez do material.

O composto final é o húmus, matéria orgânica livre de toxicidade, metais pesados e patógenos. O húmus é um composto rico em matéria orgânica com nutrientes minerais, que pode ser utilizado em hortas e jardins como adubo orgânico. Na agricultura, pode ser utilizado como substituto de fertilizantes sintéticos, devolvendo ao solo todos os nutrientes que necessita.

Com a popularização da técnica de compostagem, as composteiras ganharam mais espaço nas casas das pessoas. A composteira é o local em que a matéria orgânica é depositada e processada, transformando lixo orgânico em adubo. No mercado é possível encontrar diferentes tipos de composteiras, de diferentes formas e tamanhos. E, para os mais animados, é possível encontrar na internet vários tutoriais de “como fazer sua própria composteira”.

A compostagem traz muitas vantagens para o meio ambiente e para a saúde pública. A principal vantagem é a reciclagem da matéria orgânica, que deixa de ir para os aterros sanitárias, diminuindo a emissão de gás metano, altamente nocivo ao meio ambiente e potencializador do efeito estufa. Além disso, contribui para diminuir a quantidade de lixo nos aterros, aumenta a vida útil desses, proporciona o aumento da utilização de adubos orgânicos e consequentemente a diminuição do uso de fertilizantes sintéticos.

A busca de um mundo melhor começa pelo consumo consciente e pela reutilização da matéria já disponível. A compostagem é uma técnica simples que tem um efeito muito importante no meio ambiente e consequentemente para nossas vidas. Que tal começar uma composteira em sua casa?

Nathalia Brancalleão

Contato: na_brancalleao@hotmail.com

Referências Bibliográficas

Pereira, J. T. (1989). Conceitos modernos de compostagem. Engenharia Sanitária28(2), 104-9.

https://conhess.wordpress.com/2013/08/22/composteira-pra-que-serve-e-como-fazer/

http://www.ecycle.com.br/component/content/article/67/2368-o-que-e-como-fazer-compostagem-compostar-composteira-tecnica-processo-reciclagem-decomposicao-destino-util-solucao-materia-organica-residuos-solidos-lixo-organico-urbano-domestico-industrial-rural-transformacao-adubo-natural.html

http://www.ecycle.com.br/component/content/article/41-pegue-leve/2344-o-que-como-fazer-passo-a-passo-compostagem-organica-composteira-domestica-caseira-apartamento-residencia-sustentavel-reciclagem-lixo-residuo-organico-minhocas-minhocario-onde-encontrar-comprar-adquirir-vermicompostagem.html

http://flores.culturamix.com/dicas/como-fazer-uma-composteira-em-casa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.