O rápido crescimento das redes de Telecomunicações Móveis e a expansão ao acesso à internet por meio de diversos dispositivos têm gerado uma alta demanda por transmissão de dados. Além disso, não apenas altas taxas de transmissão de dados são desejáveis, mas também mobilidade. Nos últimos anos, o número de usuários de dispositivos móveis (como smartphones, por exemplo) ultrapassou a casa dos 4 bilhões e a tendência é que chegue em 5,5 bilhões antes de 2020 [1]. Com o crescente número de usuários e consequente aumento na demanda por acesso à internet em qualquer lugar, faz-se necessária a evolução das tecnologias de acesso às redes móveis. Desta forma, a evolução da telefonia móvel moderna tem sido constante e o 5G (a Quinta Geração das Telecomunicações) parece estar cada vez mais próximo.

Atualmente, há um esforço mundial conjunto entre o 3GPP (3rd Generation Partnership Project – entidade global responsável por normatizar assuntos relacionados a Telecomunicações), fabricantes, fornecedoras e operadoras no intuito de desenvolver o 5G. Com isso, novas tecnologias já vêm sendo estudadas e até mesmo testadas em diferentes partes do mundo [2]. Para revisar e consolidar as novas especificações e funcionalidades a serem implementadas na geração de uma nova tecnologia no mundo das comunicações, são criados Releases, que consistem no progresso de revisar as especificações e os requisitos propostos. E cada vez que tal Release está pronto para ser lançado, nenhuma alteração poderá ser feita após o seu lançamento.

Entre Setembro de 2012 e Março de 2016, foi elaborado o Release 13 do 3GPP, sendo este considerado um marco na evolução das telecomunicações móveis. Uma série de mudanças e melhorias foram apresentadas neste Release, sendo que cada vez mais novos casos de uso e aplicações começam a surgir. Dentre os principais feitos do Release 13 estão a padronização/melhoria em técnicas de transmissão de dados e a redução da latência nos sistemas, como mostra a figura abaixo.

 FIg1

Figura 1 – Principais características do Release 13.

Com o Release 13, portanto, o rumo para a próxima geração das telecomunicações móveis está sendo formado. Através dos resultados obtidos no Release 13, espera-se que o conceito de se ter uma sociedade conectada à rede – onde não somente pessoas, mas também quaisquer dispositivos eletrônicos possam se conectar à internet – possa ser cada vez mais discutido. Neste sentido, diversos novos casos de uso devem surgir em diversas áreas [3], como por exemplo:

Fig2

Figura 2 – Novos casos de uso em diversas áreas.

De maneira geral, os progressos obtidos com o Release 13 do 3GPP poderão beneficiar o ecossistema das telecomunicações como um todo. Por exemplo, aos usuários, que terão taxas de dados mais altas com menor atraso na rede, proporcionando download de fotos, arquivos e vídeos de alta qualidade; às operadoras, que terão oportunidades para oferecer novos serviços e aplicativos em sua rede que, por sua vez, também terá maior capacidade;  aos desenvolvedores, que poderão desenvolver aplicativos com experiência de usuário substancialmente mais rica e novos recursos multimídia, como de realidade virtual em 4K; e, por fim, aos fabricantes, que poderão oferecer novos dispositivos com maior capacidade, baseando-se nas novas características das redes em evolução.

Victor Piorino Mora e Daniel Andrade Nunes

vp_mora@hotmail.com 

Referências bibliográficas

[1] GSMA. The Mobile Economy 2017.  GSMA Corporate. London. 2017. Disponível em: < http://www.gsma.com/mobileeconomy/>. Acesso em: 31 Maio 2017.

[2] 5G. “What Is LTE-Advanced Pro?”, 5G Corporate, United Kingdom, 2015. Disponível em: https://5g.co.uk/guides/lte-advanced-pro/. Acesso em: 31 Maio 2017.

[3] NOKIA. 5G use cases and requirements. Nokia White Paper. Nokia Corporation. Finland. 2016. Disponível em: < https://tools.ext.nokia.com/asset/200010>. Acesso em: 31 Maio 2017.

 

One Reply to “Rumo ao 5G das Telecomunicações Móveis”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.