Em 1916, o cientista Albert Eistein publicou um dos seus trabalhos mais conhecidos, a Teoria Geral da Relatividade. Nele, Einsten previu a existência de ondas gravitacionais invisíveis, que são ondulações no espaço-tempo causadas por grandes atividades no cosmo, como explosões de estrelas, colisões de buracos negros e até mesmo o próprio Big Bang. No entanto, ele não conseguiu comprovar a existência desse tipo de onda. Ao longo dos anos, inúmeros astrônomos reuniram evidências cada vez mais concisas sobre a sua existência, mas ainda não se tinha detectado as ondas gravitacionais. Ainda.

Einstein e inúmeros cientistas acreditavam na existência dessas ondas, mas para a ciência acreditar não é o suficiente, é preciso provar que as ondas gravitacionais existem. E no aniversário do centenário da publicação da teoria de Einstein isso aconteceu. No último dia 11 de fevereiro um grupo de pesquisados de vários países anunciou ao mundo ter conseguido detectar pela primeira vez as ondas gravitacionais.

buraco_negro_colisao

Simulação ilustrada da colisão de buracos negros detectada pelo Projeto LIGO (Foto Andy Bohn et al.)

A detecção das ondas ocorreu em 14 de setembro de 2015 por pesquisadores do projeto LIGO (Laser Interferometer Gavitational-Wave Observatory), localizado nos estados de Washington e Lousiana, nos Estados Unidos. O projeto LIGO começou a funcionar efetivamente em 2002, mas só recentemente passou por um aprimoramento maior, que possibilitou a detecção das ondas gravitacionais. O LIGO é o que chamamos de interferômetro, que é composto por dois tuneis idênticos em forma de L, com 3 km de largura, e conjuntos de espelhos e filtros de luz que desviam feixes de laser até um detector.

O que os pesquisadores encontraram em seus experimentos foram distorções no espaço-tempo causado pela interação de dois objetos com massas enormes. Os cientistas acreditam que o evento observado foi a colisão entre dois buracos negros que pesavam aproximadamente 30 vezes a massa do Sol e ocorreu a 1,3 bilhões de anos-luz da Terra. As ondas gravitacionais foram detectadas através de pequenas vibrações causadas no espaço-tempo, fazendo os espelhos do LIGO oscilarem.

A comprovação da existência das ondas gravitacionais está sendo encarado como uma das maiores descoberta da ciência do nosso tempo. Isso não só comprova as ideias de Einstein, mas também abre portas para uma maneira totalmente nova de enxergar o Universo. A partir de agora, temos a possibilidade de redescobrir o cosmo, observando fenômenos que não são visíveis à luz. É como se agora nós pudéssemos, além de enxergar, ouvir o que nosso universo tem a nos dizer. Agora, a ciência entra em uma nova era.

 

Referências Bibliográficas

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2016/02/ondas-gravitacionais-podem-permitir-viagem-no-tempo-diz-pesquisador.html

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/blog/observatorio/post/einstein-lacrando-o-universo-ha-mais-de-100-anos.html

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2016/02/quatro-pontos-para-entender-descoberta-que-confirma-teoria-de-einstein-e-muda-modo-como-vemos-universo.html

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2016/02/experimento-ve-ondas-gravitacionais-fenomeno-previsto-por-einstein.html

http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/ondas-gravitacionais-previstas-por-einstein-sao-descobertas

http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/foi-descoberta-nova-forma-de-olhar-o-universo-diz-hawking

http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-as-ondas-gravitacionais

 

2 thoughts on “As ondas gravitacionais de Einstein

  1. Hello, this weekend is pleasant in favor of me, since this occasion i am reading this fantastic educational article here at my
    home.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios *

Você pode usá-los HTML tags e atributos:

clear formSubmit